EntrevistaOrganização

Organização Inclusiva – Já ouviu falar?

Hoje eu vim falar de um nicho da organização desconhecido para muitas pessoas e trabalhado por poucos profissionais: a Organização Inclusiva.

Eu tive a oportunidade de conhecer pessoalmente no Rio de Janeiro esse trio de profissionais que fazem um trabalho lindíssimo e de grande sensibilidade.

Eu sempre digo que a organização deve estar presente na nossa vida, seja na vida pessoal, como na vida profissional, seja adulto ou criança.

A organização reduz o stress, traz bem-estar, promove economia doméstica e também ajuda reduzir o consumismo.

E indo para o campo da neurociência, a organização faz você poupar energia mental, a partir do momento que você consegue focar no que está fazendo, consegue achar o que precisa e consegue externalizar seus pensamentos e ideias para não sobrecarregar a mente.

E quando falamos da organização para pessoas com algum tipo de deficiência, seja motora, visual, auditiva ou cognitiva? Os benefícios trazidos pela organização precisam também ser sentidos por esse público.

E acredito também que a organização pode trazer a independência. Uma das maiores conquistas para um deficiente é poder ter independência na sua rotina. E a organização pode ajudar nisso.

Confira a entrevista com a Conceito Organizer (Lívia, Karin e Luciane) no vídeo acima e veja as estratégias utilizadas por elas para organizar ambientes com acessibilidade, tanto para o deficiente, como para as pessoas em sua volta.

Além de ser um trabalho inspirador, elas mostram que com recursos simples podemos fazer diversos materiais sensitivos que ajudam no dia a dia a deixar tudo organizado.

E também deixam um alerta para a existência de muitos deficientes visuais que não sabem ler em braille e de famílias que ainda isolam o deficiente do convívio social e da rotina da casa.

Deixe o seu comentário sobre esse lindo trabalho e Compartilhe esse post para que mais pessoas conheçam a Organização Inclusiva.

Tags

Artigos relacionados

Close
Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios