LimpezaOrganização

5 DICAS para suas roupas durarem mais

E não virarem descartáveis

Se você é como eu, tem gastura de ver roupas com buracos, desbotadas ou esgarçadas. Para mim, elas perdem todo o interesse e são fortes candidatas a irem para doação ou lixo. Como sou apegada aos detalhes, mesmo que eu costure a parte com buraco, parece que existe uma lente de aumento na minha percepção que só consigo visualizar na peça a parte remendada. Isso acontece com você? Se sim, bem-vindo ao meu mundo.

Então o que eu faço para evitar ficar nessa gastura? Eu cuido das minhas roupas! E aqui vou te dar 5 dicas para você fazer com que suas roupas durem mais!

 DICA 1 – Símbolo das roupas

Tenha em mente que toda peça tem características únicas. Seja um bordado, um zíper, a tonalidade, o tecido. As peças precisam ser avaliadas para saber como devem ser lavadas, passadas e guardadas.

Você já teve curiosidade de ver aquela etiqueta cheia de símbolos que fica dentro da roupa? Pois bem, é ali que está o mapa do tesouro. Todo o fabricante é obrigado a colocar na peça o modo mais adequado de lavagem, secagem e passagem das roupas para evitar danos.

E ensinar a entender esses símbolos é uma das primeiras coisas que faço quando dou treinamento de empregada doméstica ou workshop sobre lavagem de roupas. Você não precisa decorar todos os símbolos, basta deixar eles visíveis na sua lavanderia e toda vez que você tiver dúvida ou for lavar uma roupa nova, você consulta o quadro de símbolos.

Por isso, não lave usando a intuição! Use os símbolos! Vou deixar aqui a lista completa deles. Sugiro que você imprima e deixe pregado na parede da sua lavanderia. Para melhor preservação da folha, plastifique.

DICA 2 – Mancha nas roupas

Se cair alguma coisa na roupa quando estiver usando, lave imediatamente! Se tiver na rua, procure um banheiro e na pia tire o máximo de resíduos que puder. Não deixe para depois! Isso pode ser tarde demais e você perder a roupa.

O que acontece é o seguinte: a roupa é composta por fibras (naturais, sintéticas ou mistas) e quando cai algo nela, como por exemplo, café, as fibras começam a absorver o produto e a fixar os corantes. E quanto mais tempo passar sem remover, mais corante será fixado.

E se você lavar a roupa e ainda ficar alguma mancha, não passe a roupa! Tente tirar a mancha com outro produto, mas não passe! Ao passar a roupa, o calor fixa definitivamente a mancha. Por isso é tão difícil tirar certas manchas.

Lembra aquelas manchas amareladas de suor que fica nas roupas brancas? Por que é tão difíceis tirá-las? Porque deixamos o suor secar, às vezes usamos a roupa diversas vezes e o suor vai se acumulando. Fazemos uma lavagem simples e muitas vezes a mancha não sai por completo e aí passamos a roupa. E a mancha vai se eternizando na roupa. Não vou dizer que não existe um modo de tirá-las. Mas o processo às vezes envolve produtos químicos tão fortes que a fibra da sua roupa fica fraca e isso faz com que ela dure menos.

No meu livro Manual da Casa Sustentável eu mostro como tirar diversas manchas de roupas usando produtinhos caseiros.

DICA 3 – Cabides

Use cabides adequados para as suas roupas. O que mais vejo quando organizo roupas são peças danificadas pelo cabide. Olhe essas blusas abaixo de uma cliente:

 

Agora imagine suas roupas de grife preferidas sendo inutilizadas por causa de um cabide. Ficou desesperada? Eu ficaria. Todas essas três blusas foram danificadas por um mesmo tipo de cabide: o cabide de metal.Esse cabide tem a lateral muito estreita e pontuda, o que faz com que marquem as peças. Esse cabide seria apropriado para blusas ou vestidos sem mangas. Blusas com mangas pedem um cabide mais estruturado no ombro e com laterais mais largas, como os cabides de veludo (meus preferidos).Por isso não compre cabides somente pela estética, mas também por sua funcionalidade. Veja o vídeo no meu canal do Youtube onde falo sobre os prós e contras de diversos tipos de cabides. Como escolher o cabide ideal

DICA 4 – Roupas de linha

Nunca pendure no cabide roupas de linha, como crochê e tricô. Essas roupas devem sempre ser dobradas. Se você pendurá-las, irão se deformar devido ao peso exercido em dois pontos. Um vestido curto pendurado pode se transformar em midi se você deixar pendurado no cabide por algum tempo.

Veja o vídeo no meu canal no Youtube que explico um pouco mais:

E essa lógica também serve para a lavagem. Nunca pendure no varal roupas de linha, crochê ou tricô. Elas devem secar na horizontal porque o peso irá danificar MUITO a peça. Aqui em casa eu coloco sempre em cima de uma toalha. Mas cuidado! Essa toalha não deve soltar tinta e se possível, separe uma toalha para isso porque a peça a ser seca pode também soltar tinta.

Se quiser saber mais dicas sobre como estender a roupa no varal, veja o vídeo no meu canal do youtube:

DICA 5 – Limpeza

Deixe sempre suas roupas em um local arejado e limpo. Tenha o hábito de limpar as paredes do seu guarda-roupa a cada 6 meses e deixe o ar entrar nele. A umidade é muito prejudicial às roupas porque pode causar mofo ou manchas amareladas.

Se sua região é muito úmida, use desumidificadores dentro do guarda-roupa. No mercado existem vários modelos. Eu gosto muito da Ecomais umidade controlada da empresa Ákora porque você pode retirar a umidade absorvida no microondas, então é um produto sustentável e durável. E também gosto do Moffim, um desumidicador que não gera líquido e pode ser colocado em caixas e junto aos cabides, tendo sua troca periódica.

Vou deixar aqui o vídeo no Youtube que fiz testando estes produtos para você conhecer melhor.

Vou deixar também o link das empresas caso queira conhecer mais e comprar:

https://akorabrasil.com.br/produto/ecomais-umidade-controlada/

https://www.facebook.com/MoffimEvitaMofo/?nr

 

 

 

 

 

Espero que tenha gostado das dicas e com isso você possa preservar melhor suas roupas.

Nos vemos no próximo post. E se gostou deixe o seu comentário!

Grande beijo!

RESUMÃO PARA COMPARTILHAR

Tags

Artigos relacionados

Close
Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios