OrganizaçãoProdutividade

MULHERES EMPODERADAS limpam menos

E se organizam melhor!

Dia 08 de março é comemorado o dia Internacional da Mulher. E todas as mulheres do mundo levantam a bandeira por igualdade e respeito. Apesar de muita coisa ter mudado nas últimas décadas, muitas pessoas ainda acham que lugar de mulher é em casa limpando e cozinhando.

Quando vejo em pleno 2018 alguns memes viralizando, fico me perguntando até que ponto essa mudança de fato é real. E muitos dos comentários não vêm de homens, mas de muitas mulheres que ainda pensam assim.

  

Hoje a mulher tem diversas tarefas acumuladas: ser mãe, trabalhar e cuidar da casa. E aqui me proponho a discutir sobre o último item, cuidar da casa.

A mulher sempre carregou a responsabilidade pelos cuidados da casa. Tirando a imposição social, ainda tem a genética que possibilitou a mulher ser mãe e cuidar dos filhos e a variação hormonal do cortisol (hormônio do estresse) que aumenta nas mulheres muito mais do que nos homens ao se deparar com a bagunça.

O fato é: que se a casa vai mal, a culpa sempre recai nas mulheres.

Não vejo mal algum a mulher querer ser dona de casa e viver para os cuidados do lar e da família. Isso é uma opção. Mas se a mulher quiser trabalhar e construir uma carreira, precisa ter condições físicas e psicológicas para isso.

Eu vejo muito mulheres jovens tendo diversos problemas de saúde como estafa, enxaqueca, ansiedade e depressão pelo simples fato de estarem sobrecarregadas com a jornada tripla: trabalho – casa – filhos. Nem uma máquina consegue ser eficiente 100%, imagina um ser humano. E depois dizem que mulher é um sexo frágil, a pior mentira que inventaram.

Vejo também mulheres bonitas e inteligentes que se submetem a um relacionamento ruim pelo simples fato de acharem que não são mulheres “perfeitas” no quesito casa e se sentirem fracassadas se terminarem o relacionamento. Ou pior, acharem que não vão conseguir parceiro melhor.

Mas aonde quero chegar com esse discurso: que você mulher não precisa se sentir culpada ou infeliz por não dar conta de tudo em casa. Nesse ritmo não é pra dar conta mesmo! Essa cultura de que tudo é nossa responsabilidade é tão enraizada que não nos damos conta que podemos delegar um pouco aos homens e à família as tarefas domésticas. Acredito que a palavra de ordem no momento seja DELEGAR!

Delegue as Tarefas Domésticas

Numa sociedade de excesso de informações onde achamos tudo no Google e Youtube, pensamos que podemos ser mãe, mulher, trabalhadora e nas horas vagas cozinheira profissional, eletricista, jardineira, marceneira e mais um monte de coisas na onda do DIY (DO IT YOURSELF – Faça você mesmo).

Não critico quem quer se virar sozinha, eu me viro muitas vezes e gosto, mas temos que ter consciência do nosso tempo e do que estamos colocando como prioridade. Será que tudo eu preciso saber e fazer?  Nossa geração quer ser tudo e muitas vezes não consegue ser nada e daí vem o vazio e a culpa.

Por que você sempre tem que chegar em casa do trabalho cansada e ir lavar a louça e preparar o jantar?

Por que sempre é você que tem que colocar a roupa para lavar?

Porque sempre é você que fica recolhendo as coisas espalhadas pela casa?

DELEGUE!!! Para o marido, para os filhos, para quem mora com você. Não leve todo o peso nas suas costas, mesmo pensando que sua mãe e sua avó davam conta e você tem que dar conta também.

Seus filhos podem participar ativamente das tarefas domésticas desde pequenos. Confira algumas tarefas na tabela abaixo:

E depois de ler um livro sobre a cultura da Dinamarca, onde fala da igualdade de homens e mulheres nas tarefas domésticas, me deu mais argumentos para dizer a você que vive reclamando que faz tudo sozinha.

Indico muito a leitura: “O Segredo da Dinamarca” da jornalista britânica Helen Russel.

Levante a bandeira da Dinamarca que é o povo mais feliz do mundo (agora entendo o porquê!).

Como você quer ser lembrada no Futuro?

Você quer chegar ao final da sua vida como? Ouvindo as pessoas dizerem:

“Admiro essa mulher que sacrificou toda a sua vida em prol da família” ou

“Admiro essa mulher que viveu com sabedoria e amor à família”

Reflita e veja o que lhe cai melhor.

E para começar a mudar de vida e conquistar sua liberdade doméstica, quero te propor um exercício.

Liste as áreas importantes na sua vida

Liste numa tabela tudo o que você queira fazer nas diversas áreas de sua vida e não consegue. Veja como anda a sua roda da vida.

FONTE IMAGEM: Adeylton Costa Coaching

Para operacionalizar sua roda da vida, vou deixar aqui um modelo simples e hipotético para você fazer. Você pode acrescentar quantas áreas da vida quiser (abaixo o pdf com a tabela para você baixar).

Colocando no papel parece óbvio muitas soluções, mas no dia a dia não nos faz perceber, e a vida vai passando, e sempre você reclamando da vida.

Organize sua Rotina

Após colocar tudo o que gostaria de fazer, o porquê de não fazer e as possíveis soluções, monte um horário semanal e/ou mensal e encaixe todas as tarefas que você deseja fazer e nunca se organizou para isso. Faça isso em conjunto na família para que todos entrem num acordo e possam saber o que precisa ser dividido em relação às tarefas domésticas.

Lembre-se que a nova rotina é para você se sentir melhor. Se você se sentir mais sobrecarregada, reveja seus desejos e soluções e ajuste com a sua família. Abaixo o pdf com a tabela para você baixar.

Crie Hábitos

Para saber se você irá conseguir fazer da sua nova rotina um hábito, crie uma lista de hábitos e marque um X a cada dia que conseguiu realizar a tarefa que se propôs a fazer. Abaixo o pdf com a tabela para você baixar.

Essas dicas simples como DELEGAR e ORGANIZAR seu horário podem te ajudar muito a tomar de novo as rédeas de sua vida e te empoderar mais como mulher. Porque mulheres empoderadas limpam menos, aproveitam mais a vida, são valorizadas e se respeitam mais.

PDF Tabelas_em_branco

Espero que tenha gostado do post! Feliz dia da Mulher!

Fique à vontade para deixar o seu comentário e compartilhar!!!

Grande beijo!!

 

 

Tags

Artigos relacionados

Close
Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios